Arquivo da tag: fora do eixo

5ª Edição do Grito Rock Fortaleza Começa no CUCA Che Guevara

Quatro bandas locais e uma da Amazônia sobem no palco na primeira etapa da 5ª edição do Grito Rock Fortaleza. Pela segunda vez consecutiva o evento ocupa o Cuca Che Guevara, na Barra do Ceará.

A quinta edição do Grito Rock Fortaleza começa no dia 17 de fevereiro (sexta-feira), a partir das 17h e a entrada é gratuita. A primeira etapa do festival ocupa pela segunda vez consecutiva no Cuca Che Guevara, na Barra do Ceará. Considerado o maior festival integrado da América Latina, este ano o Grito acontece em 200 cidades brasileiras e 10 países (cidades das três Américas e Europa).


Na capital cearense, sobem primeiro no palco quatro bandas locais: Quilombo Favela, Mano Ala, Innosense e Insônia Musical; e uma de Manaus (AM), a banda Alaídenegão, que traz influências musicais que variam do brega ao rock, da música latina ao psicodélico.

A segunda etapa musical do evento acontece no dia 4 de março no Brom’s, e terá a banda Forgotten Boys (SP) além de outras atrações locais que serão divulgadas durante a semana.

Confirme presença no evento

Além dos shows, acontecem diversas ações que reforçam o caráter de integração das artes no festival. O Grito.Doc (registro audiovisual do evento), cabine fotográfica, projeção de vídeos e exposição das obras de artistas visuais que
estão participando da campanha ExpoGrito. Este último tem como objetivo gerar circulação nacional de trabalhos visuais.

Será realizada também a cobertura colaborativa, que está disponibilizando 10 vagas às pessoas que tenham interesse em participar da comunicação do evento.  A participação é livre e não é necessário ter experiência na área. Para se inscrever, basta preencher o formulário através do link http://migre.me/7OXnb


O Grito Rock Fortaleza é produzido pela Casa Fora do Eixo Nordeste e pela Rede 
Ceará de Música, através do Panela Discos


SERVIÇO:
1a etapa do Grito Rock Fortaleza
Local: Cuca Che Guevara – Avenida Presidente Castelo Branco, 6417 – Barra do Ceará
Horário: 17h
Entrada Gratuita
Bandas:
Alaídenegao (AM)
Quilombo Favela (CE)
Innosense (CE)
Mano Ála (CE)
Insônia Musical (CE)
Informações(85) 3262 5011
Imprensa: Laura Morgado (lauramorgado@foradoeixo.org.br)


MAIS SOBRE O GRITO ROCK

Idealizado em 2002, em Cuiabá, pelo Espaço Cubo – um dos coletivos que deu origem ao Fora do Eixo -, o Festival Grito Rock é uma alternativa ao Carnaval e uma plataforma independente de circulação. Este ano, o projeto ocorre de 17 de fevereiro a 17 de março e reúne produtores de 200 cidades e 10 países, o que representa um aumento significativo em relação a 2011, quando 130 cidades e 7 países sediaram o festival.

As edições de cada cidade são produzidas de forma interdependentes, e tudo, principalmente a logística entre elas, é construído colaborativamente com o propósito de tornar sustentável a circulação de artistas, agentes, produtores, produtos e tecnologias.
GRITO ROCK INTERNACIONAL

Reflexo da conexão com diversos países latinos, este ano o Grito Rock se soma a 10 países e se estabelece em 14 cidades estrangeiras. Vários representantes da América do Sul e Central participam da décima edição: Honduras, Costa Rica, Guatemala, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Honduras e Nicaragua, além de Los Angeles e Braga (Portugal).


GRITO ROCK EM NÚMEROS

Até o momento foram registradas 203 inscrições, sendo que 61 cidades estão realizando o Grito Rock pela primeira vez. Entre os produtores, 38 estão na Região Sul, 36 da Região Nordeste, 81 no Sudeste, 13 no Centro Oeste e 19 na Região Norte. Boa parte desses produtores ainda não desenvolveram relação com o Fora do Eixo, mostrando que o projeto transcende o Circuito e atrai produtores diversos para a realização do Festival. Em 2011, pela primeira vez, o Grito Rock foi executado nos 26 estados brasileiros e em outros 7 países (com cidades da América do Sul e Central). Para 2012 já são 10 países, incluindo o continente europeu e o México.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

CdC faz projeto de registro semanal da CAFE NE

Na segunda-feira, 09 de janeiro, o CdC postou o primeiro vídeo sobre a perspectiva da semana na CAFE NE. Com uma proposta simples e dinâmica de conversar com os gestores e agentes dos simulacros, a produção procurou saber como está o #tudoaomesmotempoagora de cada um. Da mesma forma, foram mostradas quais as atividades estão acontecendo na casa e os resultados que se esperam para a semana que se transforma a cada instante.
Com os vídeos sendo publicados periodicamente às segundas-feiras, fica fácil para todos os coletivos e casas acompanharem o F5 da Regional Nordeste. Como ação integrada do CdC e CMM, as produções audiovisuais servem ainda, como plataforma de circulação de informações por todo o Circuito.
Fica a sugestão de que todos os coletivos e casas se apropriem desse formato de atualização semanal como forma de alinhar nacionalmente os projetos, articulações, planos e desejos!
Thiago Dezan
O fortalecimento do cdc em conjunto com o cmm é super importante pra criação de valor simbólico da cafe ne, no sentido de irem construindo uma identidade mesmo.

Marcelo Cabala
Muito legal o video, um exercicio bacana pra todas as casas desenvolverem mais essa pratica junto do CdC. Parabens pela inciativa e das outras Casas também na medida do possível.

Nathália Shineider
Massa a proposta deste vídeo semanal, acho que é uma baita maneira de passar o cotidiano da Casa.

Filipe Peçanha
Ficou muito bacana, esse é um bom formato de video-relato. Fundamental para divulgar as ações das Casas mesmo!

Veja o vídeo:

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O MOVA-CE já está na estrada

Como prometido ainda ano passado 06 bandas, 25 músicos, 1 sonho e muitos quilometros pela frente, é isso, o projeto Mova-CE já está na estrada desde o dia 06/janeiro. Primeira parada: Rio Grande do Norte, na cidade de Natal, onde apenas duas das seis bandas tocaram, Thrunda e Inflame no Hell’s Pub. Aqueles que não tocaram ficaram a platéia cantando e interagindo nos shows causando muita admiração naqueles que estavam ao redor.

O primeiro dia do Mova-CE na estrada foi bastante produtiva, chegando a ganhar novos velhos fãs, apoio e admiração do público, como foi o caso de Sérgio, um senhor na casa dos 70 anos que gostou tanto da proposta de circulação do projeto que comprou todos os materiais disponíveis para venda na banquinha montada com produtos das bandas pertecentes ao projeto.

A noite rendeu até uma pequena balada pós Mova-Ce no Espaço Do Sol, local onde também serviu de acampamento para todos. Ao amanhecer o camping foi desarmado e partimos rumo a cidade de João Pessoa – PB. Ontem a partir das 22h as bandas Full Time Rockers, Sátiros e Bonecas da Barra dividiram o palco no Espaço Mundo. Confiram algumas fotos no FlickR oficial do MOVA-CE e o relato de Talles Lucena, vocalista da banda Full Time Rockers.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Lançamento do DVD de 5 anos do Selo Panela Discos

No penúltimo fim de semana de Outubro a cena autoral rock do Ceará vai sacudir a Praia de Iracema. Como? Por que? Será lançado nesses dias o DVD “Mostra do Novo Rock de Fortaleza – 5 anos de Panela Discos!”. O DVD, gravado em meados de junho desse ano no Centro Cultural Bom Jardim (CCBJ), conta com a participação de 18 bandas filiadas ao selo Panela Discos. Dentre tantas ressaltamos as bandas: Sátiros, Full Time Rockers, Thrunda e Bonecas da Barra.

O lançamento se faz um marco importante na cena musical, mas também na cena audiovisual do rock cearense, pois há pouquíssimos registros audiovisuais dessa cena que cresce a cada dia na cidade. O lançamento acontece nos dias 22 e 23 de Outubro no Anfiteatro do Centro Cultural Dragão do Mar com shows e diversão garantida. Para quem tá ansioso por ter o DVD em mãos também estará a venda na Banquinha do Panela, juntamente com os cds de algumas bandas participantes do DVD.

As duas noites contarão com shows das bandas:

Dia 22/outubro – a partir das 19h: Eutanázia (Tauá), Et Circensis, Rafael Vasconcelos, Boró, Same Old Shit, Falácia e Inflame.

Dia 23/outubro – a partir das 18h: Andes, Inerve, Estado Anestesia, Zenois, Chicones, Land of Lemuria e Sátiros.

Compareçam, prestigiem e divirtam-se, pois esse lançamento vai ser bem bacana.

Serviço:

Lançamento DVD “Mostra do Novo Rock de Fortaleza – 5 anos de Panela Discos”

Dias 22 e 23 de Outubro (19h e 18h, respectivamente)

Anfiteatro do Centro Cultural Dragão do Mar

Entrada Gratuita.

Mais informações: http://www.paneladiscos.com/

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

X FEIRA DA MÚSICA (17) NO DRAGÃO DO MAR COM FESTA DE ABERTURA, OFICINAS E NEGÓCIOS

A Feira chega a sua décima edição e começa hoje (17 ), com oficinas e debates no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, na Faculdade Católica (Seminário da Prainha) e no SESC Iracema. A noite será dedicada à festa de abertura no Buoni Amici’s Sport Bar, com os shows as #Femininas,com  Andréia Dias, Lurdez da Luz e Elisa Maia e além da banda Duo Finlândia. A festa é aberta ao público até às 22 horas. A programação desta quarta-feira conta ainda com a apresentação da Cia de Dança Deborah Colker na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.                       

Durante o evento que segue até o dia 20 de agosto, a Feira divulga e convoca o público para participar do “Clamor Manisfesto” com o objetivo de chamar atenção para corte significativo no orçamento poucos dias antes do início do evento, por causa do convênio com a FUNARTE que não pode mais ser homologado.

Confira: http://catarse.me/en/projects/261-clamor-manifesto-feira-da-musica

A X Feira da Música chega este ano com o tema “Ser Música. Viver Música”. Realizada pela Associação dos Produtores de Cultura do Estado do Ceará (Prodisc), o evento se tornou um tripé que reúne negócios, shows e debates no mesmo lugar, agregando e fortalecendo os atores da cadeia produtiva da música no Brasil, pautada em estratégias nacionais de escoamento da produção.

A Feira movimenta, mais uma vez, o mercado comercial e o intercâmbio de músicos independentes, produtores musicais e culturais, gravadoras, organizadores de festivais, através da sua Rodada de Negócios. Desde 2002 reúne oficinas, encontros setoriais de agentes culturais e gestores públicos, além de grupos de trabalho e discussão com o Encontro Internacional da Música. Também realiza uma das principais mostras de músicas do cenário independente nacional, este ano com a participação de 34 atrações de diversos estados do país nos palcos Rock, Brasil Independente e Instrumental Nordeste.

“É importante observar que ao longo desses dez anos a Feira tem sido um dos grandes incentivadores do nosso mercado musical. Procuramos proporcionar ao artista que ele desenvolvesse seu lado “ser música’, ‘ser econômico’ e ‘ser político’. A cada nova edição, o evento cresceu. Parte das oficinas e dos workshops se transformou em rodadas de negócios. Esses foram momentos em que os participantes puderam trocar experiências, fazer contatos para viabilizar oportunidades para além da Feira e divulgar seus trabalhos de forma mais ampla”, explica Ivan Ferraro, coordenador da Feira da Música.

Ferraro destaca que ao longo de suas realizações, a Feira assumiu seu caráter associativo, promovendo o diálogo com associações musicais – como a Associação Brasileira dos Festivais Independentes (Abrafin), Associação Brasileira da Música Independente (ABMI) e Brazilian Music & Arts (BM&A) -, culturais e comunitárias, proporcionado trocas entre instituições, produtores, artistas e gestores culturais.

RODADA DE NEGÓCIOS

Incentivar e facilitar o intercâmbio dos artistas com os produtores de fora, transformando conversas em verdadeiras relações comerciais. O artista como gestor do seu próprio produto. Esse tem sido o principal objetivo da Rodada de Negócios, que esse ano chega a sua nona edição, dentro da programação da X Feira da Música. As inscrições podem ser feitas pelo site www.feiradamusica.com.br. A Rodada acontece na Sala de Negócios, que será instalada no estacionamento do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (rua Dragão do Mar), ao lado do estacionamento da Biblioteca Estadual Menezes Pimentel, a partir das 15h.

Mais: http://www.feiradamusica.com.br/programacao/rodada-de-negocios/

ENCONTRO INTERNACIONAL DA MÚSICA 

O Encontro Internacional faz parte da programação da X Feira da Música, reunindo oficinas, encontros setoriais de agentes culturais e gestores públicos, além de grupos de trabalho e discussão. As atividades promovem capacitação e trazem reflexões necessárias à compreensão dos rumos da cadeia produtiva da música. As oficinas acontecem na Faculdade Católica de Fortaleza (Seminário da Prainha) e no Sesc/Senac Iracema e no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Mais: http://www.feiradamusica.com.br/programacao/encontro-internacional-da-musica 

 

FESTA DE ABERTURA

A festa de abertura será marcada pela presença das #FEmininas, projeto sugerido pela Rede Fora do Eixo e que discute o papel da mulher dentro da rede, politicamente, socialmente e sem esquecer o lado estético. A proposta é mostrar a força das mulheres na cena musical brasileira e propõe com isso uma maior integração entre elas além de estimular a circulação destas artistas.

Festa de Abertura

Horário: Amici’s Sport Bar

Entrada: Aberta ao público até 22 horas. Após esse horário, R$ 15,00

Apresentação da Cia de Dança Deborah Colker

Horário: 20h

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Mais Informações: http://www.feiradamusica.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

GRITO ROCK FORTALEZA 2011

FOTO Paulo Winz

Na véspera de Carnaval, sexta-feira 4 de março, às 17 horas, iniciou o Grito Rock Fortaleza, em sua quarta edição pela primeira sendo realizado no Cuca Che Guevara situado na Barra do Ceara.

No fim do pôr-do-sol, o evento inicia com discotecagem do DJ Doido, mandando um hip-hop black music nas pic ups, enquanto que as rampas eram divididas entre os praticantes dos esportes radicais, skate e cross com apresentações freestyle, executando manobras de street e fazendo do espetáculo um momento empolgante na abertura do festival. Já quem chegava nas arquibancadas podia conferir os empolgantes dançarinos de break, e em seguida as performances, foram distribuídos para os atletas brindes da Pena Surf.

Dj Doido/FOTO Nilson Carvalho

Seguindo a programação, o Dj Doido embala os intervalos com um mix de Jorge Ben Jor, Tim Maia, Simonal, dentre outros mestres da música brasileira e ritmos dançantes variados. Os B-Boys continuavam na área mandando ver na dança e levantando a galera que aguardava o inicio das bandas.

NFúria/FOTO Paulo Winz

No palco do Grito Rock,durante as apresentações das bandas –  Caras Pretas Percussivas, de Maracanaú;Thrunda (CE);Sobre o Fim, de Sobral; Nfuria (CE) e Gandharva (PE), rolava a transmissão ao vivo via twitter que também ganhava seu público que não pode estar presente e assistiu até o fim do evento, fazendo seus comentários e curtindo um bom rock and roll.

Gandharva/FOTO Paulo Winz

O público veio chegando aos poucos devido a novidade de ter um evento como o Grito Rock no local, área que está sendo revitalizada, e conhecida como periferia de Fortaleza, mas com muito entusiasmo, o público se esbaldou e bateu cabeça durante todo o evento.

O Grito Rock Fortaleza teve como base as campanhas socio-ambientais:

Hospedagem Solidária –  hospedagem de 2 dias para a banda Gandharva (PE) em Iparana, casa de praia cedida pela Rosaliriss Rodrigues do núcleo de logistica do GT de Produção no programa Entrepontos. As refeições ficaram por conta do Albertus Restaurante, na orla local, com a doação de mantimentos feito pelo o Reggae Club (casa de shows local).

Grito Ambiental – lixeiras direcionadas para a coleta seletiva e com o resultado de coleta lixo ZERO no final do evento.

Transmita seu Grito –  transmissão dos shows via twittcam na íntegra.

Grito.Doc –  produção e edição feita pela a equipe do GT de Comunicação do programa Entrepontos e apoio da RedeCem.

Banquinha – Cds, acessórios e camisetas RedeCem/Fora do Eixo.

O Grito Rock Fortaleza trabalhou em parceria com o programa Entrepontos. O ENTREPONTOS é uma ação da PRODISC membro da RedeCem e contou com a parceria da Associação Cearense do Rock (ACCR) nessa edição, criado em 2010, circula entre as cidades do Ceará buscando estimular o desenvolvimento sustentável de negócios na musica e cultura cearense integrando e qualificando futuros profissionais da área.

Na edição de Fortaleza, realizado entre Fevereiro e Março de 2011, contou com a participação de 60 pessoas, entre eles estudantes, músicos e produtores envolvidos nas etapas de produção do festival, sendo as etapas divididos em três frentes de trabalhos:PRODUÇÃO,COMUNICAÇÃO e TÉCNICA, com oficinas de Técnicas de Palco e Montagem de Estrutura; Noções de Comunicação na Produção Cultural; e Produção Cultural e Gestão de Carreiras, que contou com o apoio de facilitadores.

O Grito Rock Fortaleza é uma realização  Rede Ceará de Música (RedeCem) e co-produção Circuito Fora do Eixo, festival filiado à Abrafin, parceria com Toque no Brasil,  com apoios regionais do Banco do Nordeste; Sebrae; Coordenadoria da Juventude e Prefeitura Municipal de Fortaleza, Cuca Che Guevara e ACCR, contou também com colaboradores como EcoColeta Soluções Ambientais; Marsom; HR Som; Pena Surf; Reggae Club; Albertus Restaurante.

A noite terminou por volta das 23h com muita música e cara de satisfação!

Por Gabriela Reis


Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

PROGRAMA ENTREPONTOS NO CUCA CHE GUEVARA BARRA DO CEARA

Entre os dias 11 a 23 de Fevereiro e 3 e 4 de Março, aconteceu no Cuca Che Guevara na Barra do Ceará, o Programa Entrepontos (Programa Integrado de Desenvolvimento para os Profissionais de Música do Ceará), desenvolvido e realizado pela Associação de Produtores de Cultura do Ceará (Prodisc) , Midia Mix Comunicaçao e  Rede Ceará de Música (RedeCem).

O curso comandado por Marcus Franchi (Fora do Eixo Brasília – DF) e Ivan Ferraro (RedeCem e Prodisc-Ce), e coordenaçao de Valeria Cordeiro (Midia Mix-Ce),tem como objetivo compartilhar e disseminar a profissionalização de pessoas dentro da area artistica cultural. O programa busca estimular o desenvolvimento sustentável de negócios na musica e cultura cearense, fortalecendo os mecanismos necessários à promoção e desenvolvimento dos produtos musicais já existentes. O público-alvo do programa são os músicos, técnicos, produtores e pessoas que querem cultivar, conduzir e gerir negócios relacionados à Cadeia Produtiva da Música e suas vertentes culturais numa perspectiva solidária.

Nesta edição do ENTREPONTOS  em Fortaleza contou com a participação de cerca de 60 pessoas, entre eles estudantes, músicos, produtores e interessados no desenvolvimento e realização de eventos, pessoas essas que com suas peculiaridades, souberam desenvolver com clareza e determinação o exercício final do curso que envolveu a organização da quarta edição do Grito Rock Fortaleza, evento local associado ao Grito Rock América Latina – o maior festival de música integrado do continente, realizado anualmente durante o período carnavalesco em 130 cidades, sendo divididos em três frentes de trabalhos, PRODUÇÃO,COMUNICAÇÃO e TÉCNICA, nas oficinas de Técnicas de Palco e Montagem de Estrutura; Noções de Comunicação na Produção Cultural; e Produção Cultural e Gestão de Carreiras, que contou com o apoio de facilitadores como  Felipe Gurgel (Jornalista); Thaís Andrade (Produtora- Caldeirao das Artes); Lucas Gurgel (Proodutor ACR); Fernando Figueiredo (Produtor e Diretor de Estruturas e Palco) e Chicão (Rodie e Tecnico de Som) sendo esses últimos  substituídos nos exercícios práticos com desenvoltura por Fernando (Biruta) e Marquinhos (Tecnico de Som Cuca), por conta de compromissos carnavalescos dos mesmos.

A programaçao do curso seguiu da seguinte forma:

11 e 12 de fevereiro – Preparação e estímulo para as oficinas, discussões ampliadas sobre economia da cultura, produção cultural coletiva, arranjos produtivos locais e modelos de redes colaborativas (a exemplo, sobretudo, do Circuito Fora do Eixo).

15 a 19 de fevereiro – Realização das oficinas, palestras e planejamento para o laboratório prático. No dia 17 de fevereiro , houve uma visita guiada ao Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A visita fez parte da programação das oficinas

24 de fevereiro e 3 de março – Reuniões para acompanhamento das atividades do laboratório

4 de março – Finalização do laboratório com a realização do Festival Grito Rock no Cuca Che Guevara

Desde 2010 o programa  ENTREPONTOS vem sendo realizado pelas as cidades do interior do Ceará promovendo a integração e qualificação de porfissionais da cultura, já em 2011 após a edição de Fortaleza, segue para mais uma etapa do projeto em novas cidades.

Por Gabriela Reis

 

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized